.........

Termina greve dos operadores de máquinas da Usina São Francisco (SP)

.........

Trabalhadores devem voltar às atividades nesta quinta-feira (5/7)

por Agência Estado

Ernesto de Souza

O piso salarial dos operários da usina, que era unificado, passa a ser dividido em três níveis, segundo a máquina conduzida

Terminou na noite desta quarta-feira (4/7) a greve dos motoristas, tratoristas e operadores da Usina São Francisco, dona da marca de açúcar Native, em Sertãozinho (SP). Os trabalhadores devem voltar às atividades amanhã (5/7), segundo o presidente do Sindicato dos Motoristas, Tratoristas e Operadores de Sertãozinho, José Carlos Rullo.
Em audiência realizada na terça-feira (3/7) no Tribunal Regional do Trabalho de Campinas, usina e sindicato não chegaram a um acordo. Hoje as duas partes voltaram a se reunir e acertaram que o piso salarial será reajustado em até 20% e a jornada diária será reduzida de 9h50 para 8h. O piso, que era unificado, passou a ser dividido em três níveis diferentes, segundo a máquina conduzida. Na categoria 1, para operadores de veículos leves, o aumento real foi de 13,46% (de R$ 884,40 para R$ 1.260) e na 2, para veículos médios, o ganho real foi de 15,32% (R$ 884,40 para R$ 1.356). No nível 3, de veículos pesados como colheitadeiras, o aumento real foi de 20,8% (R$ 884,40 para 1.440).
Dos 24 dias de greve, 14 dias serão compensados pelos trabalhadores e a usina abrirá mão dos restantes, afirmou Rullo.

Fonte: Globo Rural