SUSTENTABILIDADE – Kátia Abreu e FPA devem discutir novo adiamento do CAR

O prazo, que já foi prorrogado uma vez, se encerra no dia 5 de maio de 2016

fazenda-turismo-rural (Foto: Josep/CCommons)

Projeto do senador Romero Jucá (PMDB-RR) quer estender a data final para maio de 2018 (Foto: Josep/CCommons)

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, deve participar, nesta terça-feira (23/2), em Brasília, de reunião com a Frente Parlamentar Agropecuária (FPA). O pedido de novo adiamento do prazo de entrega do Cadastro Ambiental Rural (CAR) deve ser um dos temas do encontro. O prazo, que já foi prorrogado uma vez, se encerra no dia 5 de maio de 2016.

Raimundo Deusdará, diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), órgão do Ministério do Meio Ambiente responsável pelo CAR, também participará da reunião e deve levar o tema à ministra. Um projeto do senador Romero Jucá (PMDB-RR) quer estender a data final para maio de 2018, em vista do nível preocupante de adesão dos proprietários rurais ao cadastro, que é obrigatório.

saiba mais

Conforme os dados mais recentes do SFB, até janeiro deste ano 66% da área passível de cadastro, ou 263 milhões de hectares, havia sido registrada no CAR. Naquele mês, ainda faltavam 135 milhões de hectares para serem cadastrados, área considerada muito ampla para o pouco tempo disponível. Em setembro do ano passado, o projeto de adiamento do prazo de entrega do CAR foi aprovado na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado e agora está na Comissão de Meio Ambiente. Precisa, ainda, passar pela Comissão de Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) e depois pela Câmara dos Deputados para ser convertido em lei.

A assessoria da ministra Kátia Abreu ainda não confirmou a agenda.
Outro tema a ser abordado deve ser o Plano Agrícola para a safra 2016/17.

POR ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Globo Rural