.........

Suspensão dos abates da JBS trava mercado de boi em MS

.........

A suspensão dos abates da JBS em Mato Grosso do Sul travou o mercado de boi gordo do Estado, que abriga o quarto maior rebanho bovino do país. Conforme acompanhamento da Scot Consultoria, frigoríficos concorrentes também não fecharam negócios ontem. Como a escala de abates para os próximos cinco dias já está fechada e a demanda por carne segue fraca, os frigoríficos de Mato Grosso do Sul podem esperar.

De acordo com o analista Alex Lopes, da Scot, a expectativa dos concorrentes é que a saída da JBS por tempo indeterminado dos abates em Mato Grosso do Sul reduza as cotações do boi gordo. Sendo assim, não fechar negócios faz sentido. Devido à falta de negócios, a Scot manteve o preço de referência do boi apurado anteontem, de R$ 133 por arroba em Campo Grande, para os pagamentos à vista.

De acordo com a JBS, a suspensão dos abates no Estado decorre da "insegurança jurídica". Nas últimas semanas, a Justiça autorizou o bloqueio de mais de R$ 600 milhões a pedido da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul que investiga irregularidades tributárias.

Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Fonte : Valor