.........

SP deve fazer licitação para a nova Ceagesp

.........

O governo de São de Paulo deve realizar licitação para a mudança de localização da Ceagesp até o fim deste ano, disse ao Valor o secretário de Agricultura do Estado, Arnaldo Jardim.

O projeto, de acordo com o secretário, prevê a realização de uma concessão pública semelhante à feita nas parcerias público-privadas do Metrô e das rodovias estaduais, em que a iniciativa privada entra com o investimento em troca do direito de explorar o serviço por um período determinado.

"Apresentamos o projeto de uma chamada pública que já foi aprovado pelos órgão competentes e que vamos tornar pública até o fim de setembro", afirmou Jardim. "Queremos ideias propostas, sugestões para o edital de concessão", completou o secretário, que espera que o edital esteja pronto antes do fim do ano.

No início do mês, em reunião com moradores da Lapa, o secretário adjunto da Pasta, Rubens Rizek Junior, afirmou que o governo tem interesse em transferir o entreposto para alguma localização próxima ao Rodoanel. O plano coincide com o projeto Novo Entreposto São Paulo (NESP), investimento privado já em andamento e capitaneado por atuais permissionários da Ceagesp.

"O NESP, se quiser se apresentar na concessão, eu vou bater muita palma porque gosto que eles se apresentem. Mas sendo uma concessão pública, o nosso projeto não invalida nenhuma outra proposta de iniciativa privada", explicou Arnaldo Jardim.

De acordo com Sérgio Benassi, presidente do NESP, a empresa não tem interesse em participar de uma possível licitação. "Estão falando em concessão, mas eles não têm nada pra conceder. Só temos interesse me fazer algo se for totalmente privado", explicou o empresário, que não descartou uma mudança de postura caso o poder público ofereça um terreno melhor que os atuais 1,6 milhão de metros quadrados em Perus.

O governo do Estado, por outro lado, espera contar com o interesse de projetos paralelos ao NESP em outras regiões da cidade próximas ao Rodoanel, entre eles, a cessão de um terreno pela prefeitura de Suzano.

Por Cleyton Vilarino | De São Paulo

Fonte : Valor