.........

SOJA – Produção de soja é recorde em Mato Grosso do Sul

.........

Segundo a Aprosoja/MS, lavouras renderam 56,2 sacas por hectare e uma colheita de 8,49 milhões de toneladas

colheita-soja-ms (Foto: Aprosoja/MS)

Boa produtividade não deve se traduzir em renda no bolso do
produtor de soja de Mato Grosso do Sul, avalia entidade (Foto:
Aprosoja/MS)

O Estado de Mato Grosso do Sul registrou novo recorde na produção de soja na safra 2016/2017. De acordo com dados da Associação dos Produtores do Estado (Aprosoja/MS), as lavouras renderam 8,49 milhões de toneladas.

Cada hectare plantado na temporada atual, rendeu, em média, 56,2 sacas do grão. Na safra anterior, o Estado tinha colhido 7,6 milhões de toneladas, com um rendimento médio de 51,5 sacas por hectare.

Ainda conforme os dados da Aprosoja/MS, Maracaju manteve a dianteira na produção de soja do Estado. Com uma produtividade estimada em 58 sacas por hectare, as lavouras do município possibilitaram a colheita de 903,11 mil toneladas da safra 2016/2017. Em seguida, aparece Ponta Porã, com 669,4 mil toneladas (54,8 sacas por hectare).

O bom rendimento no campo, entretanto, não deve ser seguido pela rentabilidade no bolso do agricultor, diz a Associação. No mesmo comunicado em que comemora a safra recorde, a entidade avalia que, do ponto de vista econômico, a situação é preocupante.

“A safra é muito ruim, péssima, em termos de rentabilidade. Alcançamos a produção de um grande volume de grãos, mas custou muito, saiu muito cara. O agricultor está saindo de bolso vazio, e só vai mudar se os preços melhorarem”, diz o presidente da Aprosoja/MS, Christiano Bortolotto.

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : Globo Rural