.........

SOJA – Em nova projeção, AgRural calcula safra de soja em 107 milhões de toneladas

.........

Estimativa da consultoria fica 1,6 milhão de toneladas acima do número anterior

A colheita de soja é um dos destaques da edição de fevereiro da revista Globo Rural (Foto: Fernando Martinho)

Até quita-feira (2) Brasil havia colhido 47% da área de soja, conforme a AgRural, em rimo mais acelerado que no ano passado. (Foto: Fernando Martinho)

A consultoria AgRural divulgou à imprensa nesta segunda-feira (06) sua nova projeção para a colheita de soja no Brasil: 107 milhões de toneladas. O número é 1,6 milhão de toneladas superior à última estimativa da empresa, lançada no mês passado e que apontava para 105,4 milhão de toneladas – a projeção anterior era muito próxima da calculada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Nesta semana, a estatal também revisará o potencial da safra de grãos, incluindo a soja.

O aumento na expectativa de produção se deve à produtividade recorde das lavouras. Segundo a AgRural, a média nacional será de 53 sacas por hectare. As exceções são Rondônia e Pará, estados em que os rendimentos se limitam a 50 sacas por hectare. O índice foi mantido mesmo com excesso de chuvas registrado em fevereiro.

“Em Mato Grosso, que também foi castigado por chuvas intensas em fevereiro, a AgRural cortou três sacas por hectare do oeste do estado, mas aumentou a produtividade das demais regiões. Isso resultou em avanço da média mato-grossense para 54,1 sacas por hectare – 0,1 saca a mais que em fevereiro. O número é recorde para o estado”, acrescenta a consultoria em outro trecho da nota divulgada.

Milho

A previsão de colheita de milho da AgRural também foi elevada, para 61,5 milhões de toneladas, ante 60,2 milhões calculados em fevereiro. “O incremento deveu-se principalmente a uma correção nas linhas de tendência de produtividade, que foram ajustadas de acordo com o ritmo mais acelerado de plantio observado nesta safra”, justifica a empresa. Como o plantio das lavouras de milho segunda safra ainda não foi concluído, a consultoria lembra que o número de produção do cereal não considera eventuais problemas ao longo do desenvolvimento das plantações e que a partir de maior serão realizadas projeções de produtividade por Estado.

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : Globo Rural