.........

SOJA – Compra de insumos para próxima safra de soja está adiantada em MT

.........

Até abril os produtores tinham adquirido 67,36% dos pacotes, volume superior aos 55,76% registrado em igual período de 2016

agricultura_soja (Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)

Plantadeiras começam a ser levadas para o campo em setembro para o plantio da safra de soja 2017/2018 (Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)

A maioria dos produtores de soja de Mato Grosso já adquiriu os insumos que serão utilizados na safra de soja 2017/2018, que começa a ser semeada em setembro próximo. Segundo levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), até o final de abril os produtores tinham comprado 67,36% dos insumos, volume superior aos 55,76% de igual período do ano passado.

Os analistas do Imea comentam que apesar do adiantamento, a disparada do dólar desde o dia 18 deste mês traz um alerta para os produtores que ainda não fecharam suas compras de insumos. Eles observam que os gastos com insumos recuaram, mas “ainda assim, a nova safra enfrenta desafios”.

Isso porque, dizem eles, o preço de paridade da soja para março/2018 vem registrando médias bem abaixo às do ano passado. “A nova alta do dólar tem estimulado incrementos nas cotações internas para o próximo ano. Apesar disso, com os custos ainda não fechados, os produtores devem pôr na ponta do lápis o seu controle e gerenciamento de custos e vendas da nova temporada”, comentam os técnicos.

O levantamento do Imea mostra que o preço disponível da soja em grão em Mato Grosso na semana passada subiu 1,30% para R$ 54,77/saca. A elevação do dólar foi o principal fator, o que incentivou a realização de negócios. “A baixa possibilidade de solução imediata para o caos político brasileiro pode continuar impactando no dólar, podendo trazer novas oportunidades de negociação no mercado interno”, dizem os analistas.

POR VENILSON FERREIRA

Fonte : Globo Rural