.........

Showroom do agronegócio

.........

Caminhando pelo parque Assis Brasil nos dias de maior movimento, fiquei com a sensação de que a Expointer já não cabe nas suas atuais instalações. O agronegócio brasileiro cresceu mais do que a infraestrutura disponível para a realização da feira. Cada centímetro quadrado parece ocupado por alguma atividade ligada ao campo. Um formigueiro humano se acotovela pelos corredores nas horas de pico. Melhor assim. Pior seria se houvesse pistas, arquibancadas ou pavilhões vazios. Mas todos nós os animais incluídos gostamos de conforto. Por isso, a expectativa geral é de que o governo retire logo do papel o plano de transformar o velho Assis Brasil num moderno centro de eventos, negócios e lazer ligado ao campo o showroom do agronegócio gaúcho. Felizmente, espaço para a expansão não falta nos mais de 140 hectares do parque. Espera-se que a iniciativa privada compre a ideia e aporte os recursos de que o governo não dispõe para colocar imediatamente em pé esse belo projeto.

Fonte: Zero Hora | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho