.........

SEM ESTRUTURA | Exército desiste de transportar milho

.........

Depois de quase duas semanas de espera, o Exército negou o pedido feito pelo Ministério da Agricultura para o transporte de milho em caminhões militares. A proposta seria levar o grão do Centro-Oeste para o Sul e Sudeste, afetados pela falta do produto utilizado na ração de aves e suínos.
A informação do Ministério da Defesa é de que os veículos não são adequados para atender esse tipo de serviço. Confirmada pelo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, em 4 de setembro, a negociação envolveria o transporte de 400 mil toneladas.
Com a negativa, o governo aposta agora na retomada do interesse das transportadoras nos leilões com contratação de frete para a remoção de milho depois de três tentativas frustradas. Na sexta-feira, todos os 33 lotes, com 105 mil toneladas, sendo 30,2 mil para o Estado, foram vendidos.
– Tivemos problemas em achar interessados porque as transportadoras ainda estavam voltadas ao transporte da safra – diz Rafael Bueno, superintendente de armazenagem da Companhia Nacional de Abastecimento.
Novo leilão será realizado nesta semana, com data e volume de oferta a definir.
nestor.junior@zerohora.com.br

NESTOR TIPA JÚNIOR

Fonte: Zero Hora