.........

Segmento de pescados também é investigado

.........

Além da Operação Lucas, a Polícia Federal deflagrou também ontem a Operação Fugu, que investiga irregularidades na atuação da Superintendência do Ministério da Agricultura em Santa Catarina sobretudo no segmento de pescados.

De acordo com informações divulgadas pela PF, cerca de 110 policiais federais, com apoio de fiscais do próprio ministério, cumpriram 37 mandados judiciais, dos quais 20 de busca e apreensão, 12 de busca pessoal e cinco de suspensão cautelar do exercício de funções públicas nos municípios de Florianópolis, São José, Balneário Camburiú, Itajaí, navegantes, Blumenau e Jaraguá do Sul.

Sempre segundo a PF, algumas empresas importaram da China e comercializaram no mercado brasileiro espécies Panga, Merluza e Polaca do Alaska adulteradas quimicamente. "A adulteração consistia na adição de água e produtos químicos no interior dos pescados, o que, entre outros efeitos, elevava o peso dos produtos", afirma comunicado da PF.

"Os envolvidos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e passiva, advocacia administrativa, prevaricação, importação, venda e entrega de produto alimentício adulterado/falsificado/alterado destinado a consumo, crimes contra o direito do consumidor, denunciação caluniosa, constrangimento ilegal, ameaça e falso testemunho" informa o mesmo comunicado.

Por De São Paulo

Fonte : Valor