Sead leva café brasileiro produzido exclusivamente por mulheres para a Biofach

A história desse café está ligada à luta diária das mulheres do campo, embora em seu cheiro e gosto predomine a doçura dos grãos selecionados, que o torna diferente e especial. Plantado e colhido no Sul de Minas Gerais, o Café Familiar da Terra – Orgânico Feminino deu voz a um grupo de mulheres da Cooperativa dos Agricultores Familiares de Poço Fundo (Coopfam), município onde elas vivem. Na Biofach 2018, o café será um dos destaques no estande coletivo da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), que além deste, tem outros nove empreendimentos selecionados por meio de chamada pública.

Esse ano será a quarta participação da cooperativa que surgiu na década de 80 com a intenção de acabar com os possíveis atravessadores de comercialização dos produtos dos agricultores familiares da região. Hoje, o empreendimento conta com um quadro de 430 produtores e já exporta café in natura desde 2003. O próximo desafio será a exportação do café industrializado.

Filho de agricultores familiares, o gerente da Coopfam, Daniel Penha, IDADE, ressalta que a expectativa para a feira é grande. “Queremos apresentar os nossos produtos industrializados para quem sabe, começar a exportar também essa linha. Além disso, iremos encontrar com clientes que já temos para alinharmos algumas coisas pessoalmente. E quem sabe a possibilidade de angariar novos clientes, expandir um pouco o mercado.” Ele acrescenta que “é muita responsabilidade estar participando de uma feira desse porte, visto que é a maior feira de produtos orgânicos do mundo. Eu me sinto privilegiado em poder levar o nome da cooperativa, o nome da região, do estado, além de ser um dos representantes da agricultura familiar orgânica brasileira na Europa.”

Penha comenta como é a relação dos produtores com a cooperativa. “Nós somos uma cooperativa de pequenos produtores, onde a renda da família é oriunda totalmente da propriedade. Mas, tentamos ser uma cooperativa diferenciada. Hoje, queremos mostrar que somos uma cooperativa de pessoas que têm o café como a base para que se desenvolvam e se profissionalizem cada vez mais dentro da agricultura familiar.”

Produtos

Para a Alemanha, a Coopfam levará o café orgânico feminino. Essa linha surgiu depois da criação do grupo das Mulheres Organizadas Buscando Independência (Mobi). A ideia surgiu pela busca de um produto com a cara delas e com a marca de luta. “Começamos a lutar por isso, fizemos muitas e muitas reuniões, foi empenho mesmo das mulheres para conseguir”, conta a agricultora familiar Silvania Regina Tere, de 48 anos, cooperada há seis anos.

Será o café que as representará na maior feira de orgânicos da América Latina. Feito a partir de grãos arábicos, o blending é diferenciado. Faz com que a bebida tenha doçura e leveza. Para que seja assim, os cafés são escolhidos e selecionados por especialistas que os provam antes de serem beneficiados.

Outro segredo é a quantidade de luz e calor a que são expostos. Quanto mais sol, mais doces ficam. Dessa forma, o processo de secagem, apesar de natural, também é especial. O café também possui um valor agregado a cada saca, que é revertido para ações do Mobi, como capacitações e compra de produtos para a produção de artesanatos. 

Além dessa linha, a Coopfam levará também o café orgânico torrado tradicional. 

Biofach

A Biofach é considerada a maior e mais importante feira de orgânicos do mundo. O evento acontecerá entre os dias 14 e 17 de fevereiro, em Nuremberg, na Alemanha. A feira será uma vitrine da agricultura familiar do Brasil para o mundo. Os expositores poderão mostrar os produtos, as formas de gestão e as histórias das cooperativas. Este ano será a 15ª participação da Sead no evento, que acontece anualmente e está em sua 29ª edição.

À frente da missão brasileira na ocasião, o secretário especial da Sead, Jefferson Coriteac, destaca a importância da participação no evento para o setor. “Na Biofach podemos mostrar que a agricultura familiar do Brasil é prestigiada, é bem divulgada e difundida. Logo, nós temos total interesse em investir no setor para podermos ter produtos cada vez melhores, obtermos melhores condições de trabalho e bons produtos na mesa dos brasileiros. E quem sabe, na mesa de outros países do mundo?”

Os outros participantes brasileiros que estarão no estande são: Cootap, Cooperacre, Coodapis, Reca, Weber Haus, Fazenda Bacuri, Frutiperola e Coopercuc.

Serviço:
Biofach 2018
Data: 14 a 17 de fevereiro de 2018
Local: Nuremberg, Alemanha
Para saber mais sobre a Biofach 2018, clique aqui.
Para acessar o catálogo das Cooperativas, clique aqui.

Carolina Gama 
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0120 e imprensa@mda.gov.br

Ascom Sead

Fonte : MDA