Santa Colomba tem projeto ambicioso

A Santa Colomba Investimentos Agrícolas, nova acionista da Ipanema Coffees, tem um projeto ambicioso de agricultura irrigada em Cocos, no sudoeste baiano. A holding controla a Santa Colomba Agropecuária e a Santa Colomba Café, que produzem grãos (soja e milho) e café, respectivamente, em uma propriedade de 130 mil hectares.

A Santa Colomba foi criada há 15 anos pelo engenheiro naval Fernando Prado, mas sua história começa ainda na década de 1970, segundo Fernando Giansante, diretor-presidente da Santa Colomba Investimentos Agrícolas. Em 1976, o "comandante" Prado – assim chamado por ter sido capitão-tenente da Marinha – começou a comprar terras no sudoeste baiano, aquisições que somaram 130 mil hectares.

Em 1999, a empresa iniciou o plantio de café irrigado, que hoje ocupa uma área de 1.300 hectares da propriedade. "[Os investidores] começaram a observar o avanço da fronteira agrícola na região e consideraram interessante tocar um projeto diferente dos tradicionais, com uma agricultura em larga escala com irrigação", afirma Giansante.

As condições topográficas da região, o regime de chuvas e a existência de água em abundância para irrigação permitiram colocar o projeto em prática.

No último ano, a empresa iniciou o plantio de soja irrigada, num sistema de rotação de culturas, que inclui a produção de milho e também de fumo. De acordo com o diretor-presidente da holding, foram plantados 3.300 hectares com soja nesta safra 2015/16, que está perto de ser colhida. No próximo ciclo, 2016/17, a área de soja chegará a 4.500 hectares e a 7 mil hectares em dois anos.

Dentro do sistema de rotação, a empresa começará a plantar tabaco em abril próximo. Segundo Giansante, o produto será entregue à Philip Morris, com a qual firmou contrato recentemente.

A companhia também pretende elevar a área de café, e a parceria com a Ipanema Coffees na produção e comercialização do grão reforça essa tendência. O acordo foi fechado com a Santa Colomba Café ao mesmo tempo em que a Santa Colomba Investimentos Agrícolas entrou no capital da Ipanema.

O executivo afirma que a compra da participação na empresa foi "uma oportunidade por conta da saída de acionista". Sobre a parceria, destaca o fato de a Ipanema ter "know-how de levar café a mercados não desenvolvidos, de dar marca a uma commodity". Assim, a parceria é uma oportunidade para a Santa Colomba, que hoje "vende commodity".

De acordo com Giansante, a Santa Colomba faturou R$ 20 milhões em 2015. Mas este ano, com o plantio de soja, a receita deve alcançar R$ 50 milhões.

Aos 81 anos, o comandante Prado, fundador da empresa, participa ativamente do dia a dia dos negócios da Santa Colomba Investimentos Agrícolas, onde ocupa a presidência do conselho de administração.

Fonte : Valor