.........

Safra brasileira pode ser de 208 milhões de toneladas

.........

Ganho de produtividade do milho de verão é apontado como determinante para a revisão dos números

|milho_safrinha_mt (Foto: José Medeiros/Ed. Globo)

Produção de milho do Brasil no ciclo 2014/2015 deve ser de 84,3 milhões de toneladas (Foto: José Medeiros/Ed. Globo)

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) voltou a revisar para cima sua projeção para a safra de grãos do Brasil na safra 2014/2015. No levantamento divulgado nesta terça-feira (11/8), a Conab estimou a produção de 208,8 milhões de toneladas. No relatório de julho, a estimativa era de 206,3 milhões. O número atualizado indica uma produção 7,9% maior em relação à temporada 2013/2014 (193,62 milhões de toneladas).

“O crescimento se deve, sobretudo, ao ganho de produtividade do milho segunda safra, registrado em quase todos os estados produtores, principalmente nos do Centro-Oeste e no Paraná.”, diz a Companhia, em nota.

A projeção para o cereal é de alta de 5,2% em relação à temporada passada, somadas safra de verão e segunda safra. A estimativa passou de 81,81 para 84,30 milhões de toneladas. Na temporada 2013/2014, foram 80,05 milhões, conforme a Conab. O milho verão deve ter volume 4,3% menor que a temporada passada, apesar da estimativa aumentar de 30,26 milhões para 30,30 milhões de toneladas. A segunda safra foi revisada de 51,54 milhões para 53,99 milhões de toneladas, 11,6% a mais em comparação com o mesmo período do ciclo 2013/2014.

saiba mais

A expectativa para a produção de soja ficou praticamente estável em relação ao relatório anterior, estimada em 96,20 milhões de toneladas. Deve haver um aumento de 5,5% em relação à temporada 2013/2014, com produtividade média de 3,01 toneladas por hectare.

A produção de arroz teve uma leve revisão para baixo, de 12,49 milhões para 12,43 milhões de toneladas. Ainda assim, a expectativa é de que a safra 2014/2015 tenha registrado crescimento de 2,6% em relação ao ciclo anterior. A safra de feijão deve totalizar 3,16 milhões de toneladas, queda de 8,3% considerando os três ciclos produtivos anuais. No primeiro ciclo, deve haver queda de 10,1% (1,13 milhão de toneladas). No segundo, a expectativa é de redução de 8,1% (1,22 milhão de toneladas) e no terceiro, leve baixa de 6,2% (810 mil toneladas).

A safra de algodão em caroço deve cair 13,2% em relação à safra 2013/2014, com revisão para baixo na estimativa da Conab. A projeção é de 2,31 milhões de toneladas. O algodão em pluma deve ter queda na mesma proporção, com a estimativa mantida estável em 1,5 milhão de toneladas.

Inverno

Entre as culturas de inverno, o relatório divulgado pela Conab aponta um crescimento de 17,2% naprodução de trigo em relação a 2014. Para a Companhia Nacional de Abastecimento, a safra deve ser de 6,99 milhões de toneladas. No ano passado, foram 5,97 milhões.

Área

A projeção de área cultivada também foi revisada para cima de 57,51 para 57,79 milhões de hectares. A estimativa da Conab é 1,3% maior que a do ciclo 2013/2014. “Dos principais produtos analisados, a soja e o milho segunda safra apresentaram variação positiva de 5,9% e 4,2%, respectivamente, destacando-se a área cultivada com a soja, que apresentou crescimento de 1,8 milhão de hectares”, informa a Companhia.

POR RAPHAEL SALOMÃO

Fonte : Globo Rural