.........

SABOR ENCORPADO | Parceria estimula cultivo de cevada no norte gaúcho

.........

Maltaria em fase de conclusão em Passo Fundo deve fazer área cultivada crescer 25% em 2013

Com a nova maltaria da Ambev ganhando forma em Passo Fundo, no norte do Estado, os cerca de 1,5 mil produtores de cevada parceiros da empresa já começam a planejar uma lavoura com mais espaço para o grão em 2013. A venda garantida para a indústria é um dos estímulos.
Antes de iniciar as operações, a maltaria impulsiona a produção. Agricultores como Almir Görgen, 51 anos, de Não-Me-Toque, aumentaram a área plantada nesta safra.
– Cultivei 15 hectares de cevada em 2011 e 28 este ano – diz Görgen.
Para 2013, o plano do produtor é aumentar a área para 50 hectares. Segundo Dércio Oppelt, gerente agrônomo da Ambev, a empresa estima aumento de 25% na área da cevada no próximo ano:
– Definimos os preços da safra com os produtores no momento do plantio. É um valor fixo, mas que garante a rentabilidade.
A área destinada à cevada no Estado cresceu de 33, 98 mil hectares no ciclo passado para cerca de 37 mil hectares neste ano, segundo levantamento da Emater. A projeção do órgão é de produção 9% maior, de 107,6 mil toneladas.
– O mercado da cevada está aquecido. Teve uma procura grande dos produtores, pela rentabilidade garantida – afirma Robinson Barboza, engenheiro agrônomo da Cooperativa Tritícola de Não-Me-Toque (Cotrijal).
fernandadacosta@zerohora.com.br

FERNANDA DA COSTA | PASSO FUNDO/CASA ZERO HORA

A nova unidade

– O início da operação está prevista para este semestre

– Terá capacidade de produção inicial de 110 mil toneladas de malte por ano

– Processará cerca de 138 mil toneladas de cevada anualmente

– Abastecerá a demanda de fábricas em Santa Catarina, no Paraná e em São Paulo

Fonte: Zero Hora