.........

RURAL NOTÍCIASNOTÍCIAS – TECNOLOGIA – Brasileiros ganham bolsas internacionais para pesquisas na área do agronegócio

.........

Fonte:Divulgação/Embrapa

Os premiados vão conhecer outros países com tradição agrícola para desenvolverem os estudos em um período estipulado em dois anos

Dois empreendedores rurais brasileiros vão ganhar bolsas para realizarem pesquisas na área do agronegócio. A bonificação faz parte do programa desenvolvido pela organização Nuffield, criada em 1951, com o objetivo de estimular profissionais do agronegócio a expandir seus conhecimentos para ajudar outros produtores rurais. Pela primeira vez, o Brasil recebe o encontro da entidade.

Os premiados vão conhecer outros países com tradição agrícola para desenvolverem os estudos em um período estipulado em dois anos. “A ideia é pegar essas pessoas inovadoras do campo. (…) É um programa que busca novas ideias para atender ao agro global, mas sempre tem muitas pessoas na cadeia e acaba ficando segmentado. Então, a ideia é pra abrir a cabeça para enfrentar os paradigmas e entender quais são as oportunidades para o agro se desenvolver cada vez mais e de maneira sustentável”, disse a embaixadora da Nuffield no Brasil, Sally Thomson.

Os selecionados pelo programa desenvolvem uma pesquisa prática e retorna com o compromisso de divulgar o conhecimento adquirido para a sociedade. No Brasil, a bolsista Carla Mayara Borges foi selecionada e disse que pretende trazer mais inovação para o agronegócio. “Não seria de nenhuma valia manter conhecimento só pra mim. A ideia é de expandir esse conhecimento, trazer inovação para o Brasil e para os outros produtores rurais, que estão trabalhando no dia a dia e estão com essa necessidade”, disse.

Doze pessoas de quatro países diferentes foram selecionadas para o programa e, além de Mayara, o Brasil também será representado pelo engenheiro agrônomo Murilo Martins Bettarello. Ele desenvolveu um aplicativo que traz informações sobre o preço dos insumos para agricultores e pecuaristas. A ideia agora é expandir a pesquisa ao conhecer experiências dessa área ao redor do mundo.

“Estamos aqui pra desenvolver uma pesquisa sobre a agricultura digital. Pretendo viajar para o Vale do Silício e Israel para ver como a agricultura digital pode ajudar o produtor na tomada de decisão dele no dia a dia e melhorar a qualidade de vida. Tenho paixão pela agricultura e quero, por meio de escolas e universidade públicas devolver um pouco desse conhecimento para a sociedade”, falou.

A senadora Ana Amélia esteve no encontro e ressaltou a importância dos investimentos em conhecimento e tecnologia para o desenvolvimento rural. “Penso que no mundo globalizado, na economia que se move por mais tecnologia e inovação, uma iniciativa dessa natureza acaba tendo um impacto extraordinário, especialmente porque junta interesses comuns entre países como Austrália e Brasil, além de outras nações interessadas na inovação do agro”, disse a senadora.

  • Rafael Walendorff | Brasília (DF)
  • Fonte : Canal Rural