RS vai plantar mais milho e menos arroz

Fonte: ZERO HORA – RS

Mercado tem efeito nas decisões do ciclo 2011/2012, aponta estudo da CONAB

Os diferentes estados de ânimo dos produtores gaúchos foram estampados nos números do primeiro levantamento de intenção de plantio divulgado ontem pela COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (CONAB). Enquanto o cultivo de soja e milho tende a crescer, o arroz deverá ter diminuição de área.

Impulsionado pelo aumento dos preços ao longo do ano, o milho deve apresentar crescimento de 3% a 7% na extensão plantada. A soja, carro-chefe da lavoura de verão no Rio Grande do Sul, caminha para uma variação menor, mas positiva (veja quadro).

Com cotações abaixo do preço mínimo, o arroz pode sofrer uma redução de até 3%, estima a CONAB. Como trabalha com dois cenários e ainda haveria tempo para uma mudança da decisão dos agricultores, a CONAB também deixa aberta a possibilidade de o quadro ser revertido. Além dos preços, o nível insuficiente das barragens na Campanha também estaria influenciando a decisão do arrozeiro.

– Vale lembrar que ainda estamos em uma fase de definição do agricultor sobre a sua lavoura – pondera, diz o superintendente regional da empresa, Carlos Manoel Faria.

Para Flávio França Júnior, diretor de conteúdo da consultoria Safras & Mercado, os dados espelham a realidade:

– Os números são uma resposta do mercado. O arroz foi o patinho feio dos produtos agrícolas este ano.

O estudo indica que área total de GRÃOS pode crescer até 3,8%. Como o resultado da safra ainda depende do tempo, a estimativa de produção é considerada uma projeção com possibilidades menores de se confirmar.

CAIO CIGANA