.........

Reutilização de águas | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho

.........

Olhar para o céu e rezar pela chuva, como se faz desde que a primeira semente foi plantada, no período neolítico, não é mais compatível com uma agricultura profissional, moderna, como a praticada no Estado, que precisa competir com a vanguarda mundial do setor. O verão mais seco do La Niña nem começou e as estimativas de prejuízos por falta de chuva já começam a assombrar os gaúchos. Além de estocar a água abundante das chuvas de inverno em cisternas, açudes e barragens, para uso no verão, o Estado precisa começar a trabalhar com o reuso de água, como observa o leitor Rogério Pons da Silva:
– A água suja, ou água servida, deve receber um tratamento mais nobre, ou seja, ser reutilizada. A reutilização da água é prática usual no mundo moderno e populoso, seja por técnicas adequadas ou até mesmo na ajuda na recarga de lençóis subterrâneos.
Por qualquer ângulo que se ataque o problema da seca, a resposta é uma só: irrigação.

Fonte:  ZH | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho