.........

Área de soja deve bater recorde no Paraná

.........

Chuniti Kawamura/ANPr/Divulgação / Chuniti Kawamura/ANPr/Divulgação
Norberto Ortigara, secretário da Agricultura do Paraná: opção dos produtores pela soja, em detrimento do milho, é resultado de "cálculos matemáticos"

Os agricultores do Paraná deverão destinar uma área recorde ao plantio de soja na safra 2012/13, cuja semeadura terá início nas próximas semanas no Estado. De acordo com o primeiro levantamento de intenção de plantio na temporada divulgado ontem pelo Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura paranaense, serão 4,56 milhões de hectares, 4% mais que no período anterior.

A produção esperada é de 14,99 milhões de toneladas, o que representa um incremento de 38% na comparação com as 10,8 milhões de toneladas colhidas no ciclo passado (2011/12), marcado por quebra em razão da seca provocada pelo fenômeno climático La Niña.

Se confirmado, o volume previsto não será recorde, já que em 2010/11 a colheita estadual de soja totalizou 15,34 milhões de toneladas. Se o clima e a tecnologia utilizada nas lavouras colaborarem, o secretário de Agricultura do Paraná, Norberto Ortigara, não descarta a possibilidade de que esta previsão inicial para a produção seja superada.

O levantamento do Deral apontou que, com o avanço da soja, a área de milho plantado no verão deverá recuar 13%, para 851,9 mil hectares. Mas, nesse caso, a expectativa é de crescimento de 4% na produção na mesma comparação, para 6,83 milhões de toneladas. Segundo o secretário, a opção dos produtores pela oleaginosa é resultado de "cálculos matemáticos", já que a soja tem custo de produção menor e maior liquidez.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2816266/area-de-soja-deve-bater-recorde-no-parana#ixzz25VZEcwLC

Fonte: Valor | Por Marli Lima | De Curitiba