.........

Queda de braço na questão de terras

.........

Em reunião realizada com deputados da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) ontem, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pediu prazo de mais duas semanas para publicar portaria que inclui outros órgãos de governo na instrução dos processos de demarcação de terras indígenas e quilombolas, atualmente conduzido exclusivamente pela Funai.

Presidente da Cindra, o deputado Jerônimo Goergen disse que o encontro serviu para que todos se convencessem de que esperar pelo governo é ilusão. ‘Vamos agora concentrar esforços na aprovação do PL 227, que normatiza o processo.’

O deputado Alceu Moreira afirmou que o objetivo da União é tomar terras particulares e transformá-las em espaço de uso comum. ‘Acredito que a portaria deve sair sim. Precisamos saber as atribuições do Mapa, MDA e Embrapa’, avaliou o deputado Luiz Heinze. Procurado para comentar o assunto, o líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia, não foi encontrado.

Fonte: Correio do Povo