Prospecção de negócios no Peru chega a R$9 milhões e supera expectativa dos expositores brasileiros

A participação do Brasil na Expoalimentaria, a maior feira de negócios da América Latina, superou as expectativas dos agricultores familiares. Foram cerca de R$9 milhões em negócios prospectados. Americanos, peruanos, chineses, suecos todos interessados nos produtos brasileiros que estiveram presentes nos três dias de feira em Lima, no Peru, no estande Brazil – Family Farming, promovido pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead).

Como esperado, o arroz foi o mais procurado na feira. Coopersulca e Cootap reuniram para os próximos 12 meses cerca de R$ 6 milhões em prospecção. “Temos um possível comprador peruano que fizemos contato na feira do ano passado e, nesta edição, estreitamos os laços. A expectativa é de 25 toneladas de arroz polido convencional”, afirmou o vice-presidente da Coopersulca, Marcos Rosso.

O bacuri também ganhou destaque internacional. Segundo Hortência Hosaqui, representante da Fazenda Bacuri, foram mais de 20 contratos prospectados. “Uma empresa multinacional quer levar duas toneladas do bacuri desidratado para os Estados Unidos. Ter a certificação orgânica e a garantia de ser um produto da agricultura familiar fizeram toda a diferença”, ressaltou.

Confeitarias e mercados peruanos encontraram nas balas de mel o diferencial para alavancar o segmento. “Mercados que distribuem guloseimas em aeroportos e grandes estabelecimentos também se interessaram pelo nosso produto porque ele é orgânico”.

Alex Guimarães, chefe de Promoção Comercial e Turismo da Embaixada do Brasil em Lima, destacou a importância da participação da Sead no evento. “Desde 2015, acompanhamos o trabalho da agricultura familiar na Expoalimentaria.  Esta é uma participação importantíssima, já que a feira tem uma característica diferente das demais: consegue unir desde o produtor rural até os grandes importantes e exportadores do

Rafaella Feliciano
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação

Fonte : MDA