.........

PROGRAME-SE – Veja a programação do Canal Rural na Expointer 2015

.........

Os eventos pretendem mostrar como o agronegócio brasileiro consegue enfrentar o momento de crise econômica

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Chuva no Rio Grande do Sul deixa organização da Expointer em alerta
Aplicativo para smartphone da Expointer facilita visitação na feira
Espaço do Cavalo Crioulo será atração na Expointer
Empresa responsável por prevenir incêndio na Expointer está sem registro no CREA
O agronegócio brasileiro mostrará na Expointer 2015 como consegue enfrentar o momento de crise econômica com soluções. A busca da competitividade unifica temas de eventos que o Canal Rural promove com seus parceiros a partir de sábado, dia 29, na Casa RBS, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). O local, mais uma vez, será o centro de debates da feira, com a participação de líderes das principais cadeias produtivas em fóruns, seminários, palestras e encontros setoriais, e transmissão ao vivo pelo Canal Rural.
 
No sábado, às 11h, começa o Agroencontro Brasoja – Canal Rural: Bem-vindos à era da competência. O objetivo do painel é a busca da excelência pela informação, que gera valor, e do uso de toda tecnologia de ponta para aumentar a produtividade. Na manhã de segunda, dia 31,  o tradicional Dia do Arroz apresentará bons exemplos de lavouras irrigadas no Rio Grande do Sul. À tarde, o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) abre espaço para as perspectivas da soja no sul do Brasil. Os dois eventos têm a participação do comentarista financeiro do Canal Rural, Miguel Daoud, que trará análises macroeconômicas para as duas culturas. Em seguida, às 16h30, o Instituto de Estudos Jurídicos da Atividade Rural (Iejur) promove um painel sobre crédito rural e endividamento. Juristas, parlamentares e outros especialistas resgatam a história do Plano Collor Rural e de uma Ação Civil Pública que tramita há duas décadas na Justiça.
 
A quarta, dia 2 é o Dia da Agricultura Familiar, começando com um fórum sobre infraestrutura e desenvolvimento rural, que colocará em discussão energia elétrica, telefonia, internet, escolas, habitação e outros itens que impactam na atividade econômica e na qualidade de vida. O ministro-chefe da Secretaria-geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, confirmou presença no painel organizado pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado (Fetag-RS). Às 14h, estarão em debate os desafios da cadeia de lácteos. O Instituto Gaúcho do Leite (IGL) apresentará o mais recente relatório com os números do setor. Depois, às 16h30, começa o Fórum Juntos para Competir, com foco na sucessão familiar. A proposta é valorizar atitudes empreendedoras, também mostrando histórias de sucesso.
 
Na manhã de quinta, dia 3, o setor lácteo volta à discussão no 1º Fórum Tecnológico do Leite: Indústria e pesquisa em busca de inovação. A iniciativa do Sindicato da Indústria de Laticínios e Derivados do Rio Grande do Sul (Sindilat-RS) reunirá pesquisadores da Embrapa e representantes de empresas de equipamentos. A tarde é reservada à pecuária de corte no Seminário Angus: O boi que o mercado quer. A Associação Brasileira de Angus chamou para debater a questão dos diferentes elos da cadeia, produtores, indústrias, varejo e o setor de food service. À noite, o Fórum Soja Brasil trará os maiores especialistas em custos de produção, outra grande preocupação no atual momento em que os agricultores buscam maior competitividade.

Fonte : Canal Rural