.........

Produtores rurais protestam contra as dificuldades nos setores do arroz e da suinocultura

.........

Mobilizações ocorrerão nesta terça-feira

Arrozeiros e suinocultores farão protestos pelo Estado nesta terça-feira, com a finalidade de chamar a atenção para as dificuldades vividas pelos dois setores.
Na manhã desta terça-feira, agricultores do setor do arroz entregarão cartas em instituições financeiras públicas e privadas pedindo prorrogação dos vencimentos dos financiamentos e dívidas, que chegam a três bilhões de reais.
O presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul, Renato Rocha, ressalta que muitos produtores não poderão acessar os créditos para esta safra e que um grande volume de dívidas se concentrou e os produtores não conseguirá quitá-las com a produção de apenas uma safra, que é a de 2011-2012.
Outra mobilização ocorre na região noroeste do Estado. Em Santa Rosa, cerca de mil produtores de suínos devem participar de ato às 13h30min, no entroncamento da BR-472 com a RS-344, no chamado Trevo do Porquinho. O movimento, intitulado Preço Justo para Produzir, quer alertar a sociedade sobre os problemas vividos pelos criadores, com os baixos preços pagos pelo suíno e a alta dos insumos.
Segundo o presidente da Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul, Valdecir Folador, esta combinação está inviabilizando a atividade de milhares de famílias e o objetivo do protesto é mostrar para a sociedade os problemas que comprometem a suinocultura e as propriedades.
O ato antecede mobilização nacional que ocorre em Brasília, na próxima quinta-feira. A expectativa é de reunir em torno de 500 suinocultores de dez Estados na capital federal.

Fonte: Zero Hora | RÁDIO GAÚCHA