.........

Produtores rurais do Paraná apelam contra cortes no Seguro Agrícola

.........

Proposta inicial de cerca de R$ 665 milhões foi corrigida para R$ 45 milhões

Atualizada às 21h39

Produtores rurais do Paraná pedem apoio da bancada de deputados federais do Estado e de membros da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária da Câmara para tentar evitar cortes nos recursos para subvenção ao Prêmio de Seguro Agrícola para 2012. Estavam previstos inicialmente cerca de R$ 665 milhões, mas o projeto foi alterado e o valor corrigido para R$ 45 milhões. O diretor da Federação de Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Narciso Pissinati, afirma que a modificação significa o fim do seguro.

– Já acionamos nossa bancada. Não pode ficar desse jeito. Somos um dos maiores contratantes de seguro e sem subvenção do governo nenhum banco vai assumir esse risco sozinho – diz.

O produtor rural Osvaldo Dante diz ter tido uma área de 45 hectares de soja danificada por granizo. Ele conta que, graças ao seguro, poderá reaver  parte do investimento e ainda poderá substituir o grão por milho.

– Já acionamos o seguro. Se tirarem isso, vai haver o endividamento no setor. Ficaremos à mercê do tempo – lamenta.

Fonte: Ruralbr | Eduardo Silva | Londrina (PR)