Produtores rurais de seis países visitam CNA para conhecer agropecuária brasileira

Ingleses, canadenses, holandeses, australianos, irlandeses e neozelandeses, todos bolsistas da rede global Nuffield, já passaram pelos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Bahia e pelo Distrito Federal
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) recebeu, na terça-feira (23/02), a visita de doze produtores rurais estrangeiros da rede global Nuffield International Farm School. Com bolsa de estudo, os visitantes vieram ao Brasil para conhecer as inovações praticadas na agropecuária brasileira. O grupo, composto por ingleses, canadenses, holandeses, australianos, irlandeses e neozelandeses já passou pelos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Bahia e pelo Distrito Federal e encerram a missão no Pará, no final do mês.
Essa é a terceira vez que a CNA recebe os bolsistas da Nuffield para promover a troca de conhecimentos em todos os aspectos de gestão, produção, distribuição e mercado no setor agrícola. Para o assessor técnico da Superintendência de Relações Internacionais, Thiago Masson, é também uma oportunidade para a Confederação receber produtores dispostos a conhecer a agropecuária brasileira, assim como a estrutura e objetivos do Sistema CNA.
Durante o encontro, o assessor técnico apresentou as competências e a atuação da CNA na defesa dos interesses dos produtores rurais brasileiros. Thiago Masson também destacou a participação do Brasil no mercado internacional de exportação de alimentos e alguns gargalos que travam o comércio, como barreiras não tarifárias. Dentre alguns assuntos apresentados, os bolsistas se interessaram pelos cursos de capacitação e assistência técnica oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e a forma como proporcionam maior rentabilidade e qualidade dos produtos comercializados.
O assessor técnico da Comissão Nacional de Aves e Suínos da CNA, Victor Ayres, também apresentou alguns protocolos de rotulagem de carne assinados pela CNA e sistemas de produção sustentáveis utilizados, como a Integração Lavoura Pecuária Floresta (iLPF), que combina, em uma mesma área, a produção de grãos, fibras, madeira, energia, leite ou carne.
Para a embaixadora da Nuffield no Brasil, Sally Thomson, os bolsistas desempenham, em seus países, papéis importantes de liderança na área escolhida, visando o crescimento dos negócios. “Todos os produtores escolhidos contribuem de alguma forma para o desenvolvimento do setor agropecuário de seus países. Uns produzem e exportam leite, queijo, carnes especiais, ovos e criam gado, outros comercializam produtos orgânicos, grãos, cereais e algodão”, disse Thomson.
Um dos bolsistas, Illtud Dunsford, do País de Gales, Reino Unido, diversificou o negócio de criação de gado na fazenda da família e estabeleceu uma charcutaria (carnes especiais de forma cozida e frio), em 2011. Hoje, os produtos são vendidos em Londres e Paris, para chefs consagrados e até para a rainha do Reino Unido, Elizabeth ll. “É uma grande oportunidade trocar experiências com outros países e conhecer diferentes técnicas de cultivo e sistemas de produção”, destacou Dunsford.
Ainda em abril deste ano, outros bolsistas serão contemplados para visitar novamente o Brasil e a CNA. De acordo com a embaixadora Sally Thomson, outros participantes viajaram em 2015 para a China e em 2017, novos selecionados visitarão a África do Sul.
Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109 1419
www.canaldoprodutor.com.br
https://twitter.com/canaldoprodutor
https://www.facebook.com/canaldoprodutor

Assessoria de Comunicação CNA/ Sistema Farsul

Fonte: Farsul