.........

Produtores do sul do RS sofrem com estiagem

.........

Onze cidades decretaram situação de emergência

A chuva contribuiu para o desenvolvimento da safra de soja na maior parte do Rio Grande do Sul, mas nem todos os municípios tiveram a mesma sorte. No sul do estado, 11 cidades já decretaram situação de emergência por conta da estiagem.

Além dos grãos, a lavoura de batatas e a pastagem também foram afetadas pela seca. Para amenizar um pouco as perdas, o milho que não pode ser aproveitado virou silagem para os animais.

Pecuaristas do Rio Grande do Sul investem na irrigação do pasto

No município de Cristal, a prefeitura foi obrigada a decretar situação de emergência, esperando receber R$ 2,9 milhões. O valor, no entanto, não considera a situação do setor de leite, afirma o vice-prefeito Rudi Trapp.

– Esses números não condizem com a realidade, porque já tem uma dificuldade maior no leite, porque na hora do decreto desconhecíamos esses dados e a queda na produção de leite continuou seguindo – disse.

A Emater/RS estima que o prejuízo com a seca na região Sul do estado chegue a R$ 350 milhões, com a quebra na produção de soja chegando a 35%. Nas lavouras de milho, as perdas podem chegar a 55% da área plantada.

Fonte: Canal Rural

26 de Maio de 2015 às 08:07Karen Couto | Porto Alegre (RS)Canal Rural
Atualizado em: 26 de Maio de 2015 às 08:31

Fonte:Autor: Fabrício Andrade