.........

Produtores de maçã de Santa Catarina estimam prejuízo de R$ 34 milhões com frio fora de época

.........

Município de São Joaquim estuda decretar situação de emergência

Rafael Dutra Borges

Foto: Rafael Dutra Borges / Especial

Frio tardio trouxe prejuízos aos produtores

O frio e a neve fora de época registrados nessa semana trouxeram prejuízos para o agronegócio em Santa Catarina. Os produtores de maçã estimam uma perda de R$ 34 milhões.
Em poucas horas, o fenômeno conhecido como geada negra queimou a maioria dos frutos e das flores de pomares e vinhedos da região de São Joaquim, serra do Estado. Nos pomares da estação experimental da Epagri de São Joaquim, é possível ter uma noção do estrago. A maior parte do que havia brotado cozinhou.
Produtores agora tentarão renegociar os custos da produção com o governo federal. O sindicato que representa cerca de 1,8 mil produtores está fazendo levantamento dos prejuízos para que o município possa decretar situacão de emergência. Só em São Joaquim, são produzidas mais de 290 mil toneladas de maçã por ano.

CANAL RURAL

Fonte: Ruralbr