.........

Preços do leite continuam em alta no país

.........

A entressafra e a concorrência por matéria-prima entre laticínios voltaram a sustentar os preços do leite ao produtor no país em julho. Levantamento da Scot Consultoria mostra que os produtores receberam, em média, R$ 0,958 pelo litro do leite (refere-se ao produto entregue em junho). O valor é 2,8% superior ao do mês anterior e 20% maior que o de julho de 2012, segundo Rafael Ribeiro, analista da Scot. Nos Estados pesquisados pelo Cepea/Esalq, o preço bruto médio pago aos produtores atingiu R$ 1,0544, maior nível desde setembro de 2007 em termos reais.

A previsão da Scot é que o preço médio do leite ao produtor deve atingir um pico entre R$ 0,96 e R$ 0,97 por litro no pagamento de agosto. O pico previsto anteriormente, de R$ 0,95, já foi atingido. Segundo Ribeiro, a captação de leite caiu até junho no país, mas já houve recuperação em julho no Sul. A produção também começa a aumentar em São Paulo, Minas Gerais e Goiás.

Ainda que esteja voltando a crescer, o fato é que a captação de leite no país caiu durante sete meses, de setembro de 2012 a março deste ano, segundo dados do IBGE. No último quadrimestre de 2012, a captação caiu 1,6% sobre igual intervalo de 2011, para 7,579 bilhões de litros. No primeiro trimestre deste ano, foram 5,685 bilhões de litros, queda de 1,4% sobre igual período de 2012.

O analista realça que os custos de produção estão em queda num momento de alta da matéria-prima. O cenário estimula investimentos de curto prazo, como na alimentação do rebanho. Ribeiro lembra que em julho de 2012 o milho e o farelo, usados na ração do rebanho leiteiro, tinham preços muito mais altos.

O longa vida também segue em alta no atacado e no varejo, conforme a Scot, o que mostra que os laticínios têm repassado a alta da matéria-prima. No entanto, segundo Ribeiro, o varejo tem reduzido as margens, para que a demanda final não seja afetada. Em julho deste ano, segundo a Scot, o preço médio do longa vida no atacado paulista ficou em R$ 2,43 o litro e no varejo, em R$ 2,77. A margem é de quase 14%. Em julho do ano passado, o valor no atacado era de R$ 1,81 e no varejo, de R$ 2,30 – margem de 27%. (AAR e FL)

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3216870/precos-do-leite-continuam-em-alta-no-pais#ixzz2acueUfKS

Fonte: Valor | Por De São Paulo