Preços da soja oscilam e liquidez diminui

Instabilidade cambial e baixo ritmo de venda da oleaginosa norte-americana tiveram influência sobre o mercado

Foto:Elysson Mário Soligo Ampliar foto Negociação da safra 2015/2016 segue em ritmo lento
Os valores de soja em grão oscilaram com força na última semana, influenciados pela instabilidade cambial, por preocupações quanto à safra brasileira e pelo baixo ritmo de venda da oleaginosa norte-americana.

Além disso, pesquisadores do Cepea indicam que, de início, as expectativas de maior oferta de soja da Argentina pesaram sobre os valores do Brasil e dos Estados Unidos. Porém, no final da semana, o enfoque foi dado às especulações de que a redução dos impostos de exportação no país vizinho deva ocorrer de forma mais lenta que o esperado, o que pode elevar as exportações de outros ofertantes, especialmente os norte-americanos, que finalizaram a colheita recentemente.

No Brasil, as preocupações quanto à falta ou ao excesso de chuva, a depender da região, levaram sojicultores a praticamente interromper as negociações da safra 2015/2016 nas últimas semanas. Conforme pesquisa do Cepea, de 30% a 40% da safra 2015/16 já foi negociada em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás e São Paulo.

Cepea

Fonte: Portal DBO