.........

Preços agrícolas caem 8% no ano e seguram inflação

.........

A agricultura está segurando a taxa de inflação no país. Os preços dos produtos agropecuários já caíram 8% no atacado nos quatro primeiros meses do ano, enquanto a inflação média medida pelo IGP-M teve recuo de 0,4%. Nesse mesmo período, os produtos industriais subiram 1,2%.

A queda acentuada dos alimentos deverá dar um alívio ao bolso dos consumidores, principalmente os de menor renda.

Esse cenário deverá se manter nos próximos meses, com a inflação de 2017 ficando em 4%, e a dos alimentos em 1%.

A evolução menor dos preços dos alimentos vai ajudar a preservar o poder de compra dos consumidores, segundo André Braz, economista do Ibre (Instituto Brasileiro de Economia), da FGV (Fundação Getulio Vargas).

Esse quadro reverte cenário de 2016, quando os alimentos subiram 10%, e a inflação média ficou em 6,3%, afirma ele.

Clima favorável e supersafra permitem essa queda nos preços dos alimentos, tanto os que vão diretamente à mesa dos consumidores, como feijão e arroz, como os que vão indiretamente, como soja e milho.


Folha Online

Fonte: Famasul