Preço médio dos embarques de café volta a subir

As exportações brasileiras de café (grão verde e industrializado) renderam US$ 565,8 mil em agosto, segundo mês da safra atual (2014/15), 40% mais que em agosto do ano passado, conforme dados divulgados ontem pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé).

A variação foi puxada tanto pelo aumento do volume embarcado quanto pela valorização da commodity. As vendas ao exterior somaram 3 milhões de sacas de 60 quilos, aumento de 13,4% na base anualizada, enquanto o preço médio subiu 23,6% na comparação, para US$ 187,58 a saca. Em boa medida, essa alta de preço reflete perdas provocadas pela estiagem no Centro-Sul do país.

Em julho, o volume foi 0,02% menor que em agosto, embora o valor tenha sido 0,4% maior, o que demonstra que os preços do café embarcado continuaram a subir entre um mês e outro.

Em 2014, as exportações já somaram 23,6 milhões de sacas, que renderam US$ 4 milhões – incrementos de 18,1% e 14,6% em relação aos primeiros oito meses de 2013, respectivamente. Do total embarcado, 81,6% foram do grão tipo arábica, 8,4% do robusta e 9,9% de solúvel.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3687824/preco-medio-dos-embarques-de-cafe-volta-subir#ixzz3Coz4g5QK

Fonte: Valor | Por Camila Souza Ramos | De São Paulo