.........

Pratini de Moraes defende juro anual de 3%

.........

O ex-ministro da Agricultura Marcus Vinicius Pratini de Moraes cobrou, ontem, a repactuação das dívidas dos agricultores. Para ele, é imprescindível que se faça isso nos moldes de 2002, quando houve o reescalonamento total dos débitos. "É fundamental que se assegure renda, o resto é blábláblá." Ao palestrar no projeto "Radiografia da Agropecuária Gaúcha", da Assembleia Legislativa, na Capital, Pratini considerou insuficiente a redução de juro para 5,5% ao ano, promovida pela União. Para ele, a taxa deveria ser de 3%, considerando a renda no campo. Pratini disse que o agricultor não tem margem como outros setores e depende de políticas públicas.

Fonte: Correio do Povo