POLO NAVAL | Petrobras confirma mais duas plataformas no Estado

Contrato com a Quip para execução dos projetos da P-75 e da P-77 será assinado nos próximos dias

Antes de ser homenageada na cerimônia de entrega do 41º Prêmio Exportação RS, ontem à noite na Capital, a presidente da Petrobras, Graça Foster, foi a Rio Grande dar boas notícias. A executiva confirmou que a Quip apresentou a menor proposta para construir no Estado as plataformas P-75 e P-77.
Os dois mais recentes projetos conquistados pelo polo naval gaúcho deverão ter contrato assinado nos próximos dias, quando terminar o processo de conferência burocrática dos documentos.
No sul do Estado, a presidente também fez uma vistoria nas obras e no cronograma da P-55 e da P-58. Ambas estão em etapa final de construção.
A confirmação de que a empresa conquistou dois novos contratos tranquiliza a região. Com a conclusão das outras plataformas, previa-se um intervalo nas construções navais no Rio Grande do Sul, mas os próximos projetos não deixarão um hiato grande entre as obras.
Graça se mostrou bastante otimista com o cumprimento do cronograma. Conforme sua previsão, a P-55 deverá deixar o Estaleiro Rio Grande até o final de setembro. Um mês depois, será a vez da P-58 estar concluída.
Ainda sobre o polo naval gaúcho, Graça reafirmou a importância da expansão da indústria oceânica no Estado. O Estaleiro Brasil (EBR), de São José do Norte, também foi confirmado. A presidente da Petrobras reforçou que não existe risco de desistência do projeto na cidade vizinha a Rio Grande.
– Por ser um projeto completamente novo, tem muitos desafios a ser cumpridos. Muitas vezes as pessoas não notam o que está sendo feito, e é naturalmente um pouco mais demorado o processo de preparação do terreno até começar de fato a obra – disse.
Também em São José do Norte está prevista uma nova atividade da Petrobras. Uma audiência pública nos próximos dias apresentará detalhes sobre a viabilidadede de prospectar petróleo na Bacia de Pelotas – ponto distante cerca de 200 quilômetros da costa gaúcha, entre São José e Tavares.
– É uma pesquisa que a Petrobras já desenvolve há muitos anos e existe a possibilidade real de começarmos – afirmou Graça.
A expectativa é de que o início da perfuração, esperada há anos, ocorra ainda em 2013.
rafael.diverio@zerohora.com.br

RAFAEL DIVERIO | Rio Grande

OS HOMENAGEADOS

CATEGORIA QUANTITATIVA

Empresas vencedoras do 41º Prêmio Exportação RS

Destaque Exportador – maior exportadora em valor

Braskem, de Porto Alegre

Trajetória Exportadora Master – maiores exportadoras por três anos e alto crescimento

Marcopolo, de Caxias do Sul

Souza Cruz, do Rio de Janeiro

Forjas Taurus, de Porto Alegre

Stihl Ferramentas Motorizadas Ltda, de São Leopoldo

Diversificação de Mercados – destaque para diversificação de mercados em 2012

Epcos do Brasil, de Gravataí

Paquetá, de Sapiranga

Novus Automação, de Porto Alegre

Werner Calçados, de Três Coroas

Borrachas Vipal, de Porto Alegre

Fras-le, de Caxias do Sul

JBS Aves, de Montenegro

Tramontina, de Carlos Barbosa

Conservas Oderich, de Porto Alegre

Destaque Inovação Tecnológica – inovações na área de tecnologia para a exportação

Artecola, de Campo Bom

Dinamismo Exportador – alto crescimento de valor entre as 40 maiores empresas exportadoras

Prisma Brazil, de Caxias do Sul

Medabil Sistemas Construtivos, de Porto Alegre

Marasca Comércio de Cereais, de Cruz Alta

Petrobras Distribuidora, do Rio de Janeiro

CATEGORIA QUALITATIVA

Destaque Mercadológico – consolidação da marca, gestão dos canais de distribuição e comercialização

Expodireto Cotrijal, de Não-Me-Toque

Destaque Setorial – soluções criativas e inovadoras, com efeito benéfico para a região

Alimentos: Olfar SA – Alimento e Energia, de Erechim, e Peccin, de Erechim

Autopeças: Keko, de Flores da Cunha, e Dana, de Gravataí

Eletroeletrônicos: AEL Sistemas, de Porto Alegre

Madeira/Derivados: Celulose Riograndense, de Guaíba

Máquinas/Equipamentos: Stemac SA Grupos Geradores, de Porto Alegre

Máquinas/Implementos Agrícolas: Stara, de Não-Me-Toque

Metalúrgico: Jackwal, de Gravataí, e Randon, de Caxias do Sul

Móveis: Madesa Móveis, de Bom Princípio

Destaque Avanço Global – estratégias de internacionalização

BSBios, de Passo Fundo

Pequeno Desbravador Internacional – micro e pequenas empresas

Real Esquadrias, de Riozinho

Cachaçaria Weber Haus, de Ivoti

Destaque Serviços de Suporte à Exportação – prestadoras de serviços e suporte

Tecon Rio Grande, de Rio Grande

Logsul Logística, de Porto Alegre

Thomson Reuters, de Porto Alegre

Multimídia