.........

PLANO SAFRA GAÚCHO | Soma de recursos para o campo chega a R$ 2,4 bi

.........

Com crédito ampliado para agricultura empresarial e familiar, além de ações de assistência técnica, o governo do Estado lançou o Plano Safra Gaúcho 2012/2013. Para financiamento de custeio, comercialização e investimento, foram confirmados R$ 1,7 bilhão do Banrisul, R$ 280 milhões do Badesul e R$ 250 milhões do BRDE.
Os juros para acesso ao crédito vão de 1,5% até 5,5%. Somando os recursos orçamentários para ações de combate à estiagem e à pobreza no campo, o plano totaliza R$ 2,4 bilhões. O montante é mais do que o dobro destinado no ano passado em crédito – R$ 1,1 bilhão.
Na cerimônia de lançamento no Palácio Piratini foram assinados dois acordos com o governo federal: o que prevê a adesão ao Brasil Sem Miséria, que vai levar assistência técnica a 6 mil agricultores e outro que confirma o ingresso no Programa Aquisição Alimentos (PAA) – aquisição direta de alimentos com recursos federais e estaduais.

Ajuda à produção

PLANO SAFRA FEDERAL

– Prevê recursos do governo federal para linhas de crédito e ações no campo. Foram anunciados R$ 18,4 bilhões para agricultura empresarial e R$ 3,3 bilhões para a familiar, por meio de financiamento no Banco do Brasil.

PLANO SAFRA ESTADUAL

– O valor de R$ 2,4 bilhões oferecido pelo Banrisul, Badesul e BRDE se soma aos valores anunciados pelo governo federal.

OS PLANOS

– Os planos safra federal e estadual englobam basicamente os mesmos programas de custeio, investimento e comercialização (Pronaf, Pronamp, aquisição de máquinas e equipamentos e venda de produtos). Produtores podem optar em qual instituição farão o financiamento, respeitando o limite individual de crédito e a modalidade em que se enquadram.

Fonte: Zero Hora