.........

PF apura possível corrupção de fiscais

.........

A Polícia Federal deflagrou ontem a Operação Pasteur, em Lajeado, no Rio Grande do Sul, para apurar a possível prática de corrupção por parte de servidores do Ministério da Agricultura encarregados de fiscalizar laticínios no Estado.

Ao todo, foram cumpridos 16 mandados judiciais, incluindo a prisão preventiva de um fiscal agropecuário federal. De acordo com a Polícia Federal, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e quatro cautelares de afastamento da função pública.

As investigações da Polícia Federal começaram há quatro meses a partir de informações repassadas pelo Ministério Público gaúcho. A operação contou com o apoio de funcionários do Ministério da Agricultura em Porto Alegre (RS).

Devido à prisão de um fiscal federal, a Anffa-RS, sindicato que representa os fiscais agropecuários federais que atuam no Rio Grande do Sul, informou ontem que apoia as investigações da Polícia Federal, mas ponderou que a conduta individual não pode ser generalizada à classe dos fiscais agropecuários. "O Ministério da Agricultura não está livre de eventual conduta delituosa cometida por alguns agentes de forma isolada, mas não deve permitir ataque à esmagadora maioria de seus servidores", informou ontem Anffa-RS, em comunicado.

Em defesa dos fiscais agropecuários, o sindicato também lembrou a atuação conjunta dos fiscais federais agropecuários com o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, no âmbito da "Operação Leite Compen$ado", que desbaratou um esquema de adulteração de leite. De acordo com a Anffa-RS, a operação serviu de exemplo para outros Estados do país e, atualmente, o Rio Grande do Sul tem o maior índice de conformidade do leite, com 97,4%.

"A atuação dos fiscais é essencial à preservação da saúde da população, como ficou emblematicamente evidenciado pelas exitosas operações conjuntas com o Ministério Público", informou o sindicato.

Procurado, o Ministério da Agricultura não se manifestou.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3828276/pf-apura-possivel-corrupcao-de-fiscais#ixzz3MFlIeLG2

Fonte: Valor | Por Bettina Barros e Luiz Henrique Mendes | De São Paulo