.........

Paraná investe R$ 4 milhões em logística

.........

Recurso foi aplicado pela Ferroeste na compra de 5 locomotivas e 400 vagões graneleiros

A Estrada de Ferro Paraná Oeste (Ferroeste), sociedade de economia mista cujo maior acionista é o governo do Paraná, acaba investir quase R$ 4 milhões na compra de 5 locomotivas e mais 400 vagões graneleiros, da empresa Ferrovia Centro-Atlântica (FCA). Os equipamentos serão entregues a partir de setembro, informa a assessoria do governo do Estado.

Com a ampliação, a Ferroeste pretende dobrar a capacidade de transporte e atender a crescente demanda de produtores de grãos do oeste do Estado, escoando a safra da região de Cascavel até Guarapuava. Segundo o governo paranaense, trata-se da maior aquisição de maquinário em 30 anos de empresa.

Conforme o comunicado, esta é a segunda aquisição de equipamentos nos últimos dois anos. As cinco locomotivas vão se somar a outras duas adquiridas em 2013. Com isso, estarão em circulação 15 máquinas. O salto maior será no número de vagões, que aumenta de 60 para 460 unidades.

A Ferroeste e a Secretaria estadual de Infraestrutura e Logística pretendem tornar viável também o projeto da nova ferrovia entre Maracaju (MS) até Paranaguá, no litoral do Paraná. A nova ferrovia permitiria o escoamento direto da produção do oeste do Estado em direção aos portos paranaenses, reduzindo custos.

Fonte: Estadão