.........

Ociosidade no biodiesel

.........

Fonte:  Valor | Por Reuters, de São Paulo

A indústria de biodiesel do Brasil, um dos maiores produtores e consumidores globais do biocombustível, amarga uma elevada ociosidade de cerca de 60%, enquanto o governo ainda não vê todas as questões equacionadas para um aumento da mistura obrigatória no diesel, reivindicação do setor há mais de um ano.

A força da indústria de biodiesel do Brasil, que deve faturar R$ 8 bilhões neste ano, permitiu que o país já em 2010 passasse a misturar obrigatoriamente 5% de biodiesel no diesel, meta que era prevista para 2013. Mas a indústria se diz pronta para os 10%, até como forma de não ver sua saúde enfraquecida – algumas companhias já param de produzir por falta de demanda.

Segundo Sergio Beltrão, diretor-executivo da União Brasileira do Biodiesel (Ubrabio), algumas empresas têm deixado de vender no leilão do governo por acreditarem na perspectiva de preço mais baixo. O Brasil tem capacidade de produzir 6,4 bilhões de litros de biodiesel por ano, mas deverá produzir este ano para um mercado de cerca de 2,4 bilhões de litros, segundo a Ubrabio.