.........

Novas reduções de produção e estoques de etanol nos EUA

.........

Daniel Acker/Bloomberg / Daniel Acker/Bloomberg
Usina de etanol na Dakota do Norte: estoques estão cada vez menores nos EUA

A tendência de recuperação da produção de etanol nos Estados Unidos depois de praticamente um ano de margens apertadas para as usinas do país em virtude dos elevados preços do milho foi interrompida na semana passada.

Segundo levantamento a Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) do país, a produção somou 863 mil barris por dia no período, 2,5% menos que no intervalo anterior – quando o volume atingiu 885 mil barris diários pela segunda semana seguida, maior patamar desde junho de 2012, quando começou a disparada das cotações do milho em razão da seca que viria a derrubar a colheita americana na safra 2012/13.

Nesse contexto, os estoques de etanol também caíram 5,2% na semana passada no país, para 15,4 milhões de barris, o menor patamar desde que os dados começaram a ser computados, em meados de 2010. Bom para as usinas brasileiras, que vêm atendendo à demanda americana com exportações crescentes, como destacou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) ao divulgar os últimos resultados da balança comercial brasileira, na segunda-feira.

Puxados pela demanda dos EUA, os embarques totais de etanol do Brasil aumentaram 97,3% em volume e 67,6% em valor no primeiro semestre na comparação com igual período do ano passado. (Com Dow Jones Newswires)

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3185454/novas-reducoes-de-producao-e-estoques-de-etanol-nos-eua#ixzz2Y51oLrjw

Fonte: Valor | Por Fernando Lopes | De São Paulo