.........

Nova era

.........

 

A era de altos preços das commodities agrícolas acabou, reiterou ontem o diretor-geral FAO, José Graziano da Silva (esq.), em evento na Organização Mundial do Comércio (OMC), cujo diretor-geral é o também brasileiro Roberto Azevêdo (dir.). No evento, ele destacou algumas conclusões do relatório lançado esta semana por FAO e OCDE com perspectivas agrícolas até 2026. Uma delas é que as importações de alimentos estão cada vez mais importantes para a segurança alimentar em países sobretudo da África e do Oriente Médio, por causa de impactos da mudança climática. Outra é que as exportações de alimentos seguirão concentradas em poucos países, o que eleva o risco de choques de oferta. Mas a mais importante é que, em termos reais, a tendência é que os preços agrícolas permaneçam em níveis mais baixos que há alguns anos.

Assis Moreira/Valor

Fonte : Valor