.........

NOTÍCIAS – Maggi: Modernização do Mapa é essencial para fortalecer o agro brasileiro

.........

Mato Grosso

Em Barra do Garças, ministro diz que contratação de pessoal reforçará sistema de fiscalização

 

Divulgação/Mapa

A modernização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é fundamental para impulsionar ainda mais o agronegócio brasileiro, disse nesta sexta-feira (18) o ministro Blairo Maggi (Agricultura), durante o Encontro Regional da Agricultura em Barra do Garças (MT). Além da revisão e desburocratização de normas, ele ressaltou que o Mapa precisará ampliar o quadro de pessoal para reforçar a fiscalização e controle da sanidade e qualidade dos produtos alimentícios.

“Hoje, estamos com processo seletivo público simplificado aberto para contratação temporária, por um ano, renovável por mais 12 meses, de 300 veterinários”, assinalou. “E ainda vamos abrir concurso público para contratar mais 300 auditores fiscais federais agropecuários.” Segundo ele, a reestruturação total do sistema de fiscalização do Mapa exigirá, ao todo, a contratação de cerca de outros 2 mil profissionais. “Necessitamos de segurança para não perder o mercado mundial.”

Esses esforços, destacou Maggi, fazem parte da estratégia de elevar de 7% para 10% a participação brasileira no mercado global de alimentos. “Sabemos produzir, mas para vender mundo afora e ser respeito é preciso entender que há muitas coisas que não estão sob nossos olhares. A relação entre o produtor e o consumidor parece simples, mas não é. Entre eles, há milhares de regras e acordos internacionais, que exigem a atuação do Ministério da Agricultura e de outras áreas do governo federal.”

Respostas rápidas

Por isso, acrescentou Maggi, o Mapa tem que se modernizar para contribuir com a expansão do agronegócio brasileiro no comércio mundial. Como exemplo da necessidade de fortalecer o sistema de fiscalização, o ministro citou a relação com os Estados Unidos. “Levamos 17 anos para abrir aquele mercado à nossa carne bovina in natura e o perdemos em sete meses em decorrência da Operação Carne Fraca.”

Maggi lembrou também que a operação da Polícia Federal trouxe sérias consequências. “Foi um momento tenso, mas importante para o Brasil mostrar ao mundo que é capaz de dar respostas rápidas em situações adversas.” De acordo com ele, já está tudo resolvido em relação à Carne Fraca no exterior, embora alguns países importadores ainda tenham certa desconfiança, o que é normal no mercado mundial.”

Em sua participação no encontro, o secretário-executivo do Mapa, Eumar Novacki, enfatizou que a pasta implantou o programa de compliance (Programa de Conformidade do Agronegócio Brasileiro) e está se reunindo com o setor privado para incentivá-lo a adotar medida semelhante. Na avaliação de Novacki, é importante para o Brasil mostrar ao mundo que tem regras rígidas e respeita e cobra das empresas que sigam tais normas.

Durante a visita, Maggi assinou autorização para compra pelo Mapa de 750 kits de irrigação por cotejamento para os municípios de Barra do Garças, Nova Xavantina, Araguaiana, Água Boa, Campinópolis, Canarana, Querência, Novo São Joaquim, Cocalinho, Ribeirão Cascalheira, Pontal do Araguaia, Nova Nazaré, Torixoréu, Araguainha e General Carneiro. Cada um receberá 50 kits.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br

Fonte : Mapa