.........

Nota de Repúdio

.........

fachada famasul-bienal3-site

O Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS manifesta publicamente seu repúdio em relação à invasão da Fazenda Figueira, em Londrina (PR), ocorrida na tarde da segunda-feira (17), por integrantes que se denominam do MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra. A propriedade é uma estação experimental de pesquisas da FEALQ – Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz, uma fazenda modelo com todas as adequações ambientais e utilizada como base não só para o desenvolvimento de pesquisas como para a transferência de tecnologias.

Considerada a maior reserva florestal do município, a propriedade foi invadida com registros de intimidação e destruição. De forma covarde e vândala, a violência destes infratores impossibilita a continuidade dos estudos realizados por pesquisadores e técnicos que atuam na Fundação, os quais visam o aumento da produtividade e o desenvolvimento de tecnologias cada vez mais sustentáveis, como plantio direto, uso eficiente de defensivos agrícolas e bem estar animal.

Considerando o peso da pesquisa para o crescente desenvolvimento da agricultura brasileira, a Famasul repudia a ação dos invasores que lá se instalaram e considera que tolerar invasões a propriedades – sejam privadas, sejam públicas ou de instituições de pesquisa – não só coloca em risco a ordem no País como desconsidera direitos e deveres estabelecidos pela Constituição Federal.


Assessoria de Imprensa Sistema Famasul

Fonte: Famasul