Noble tenta vender fatia restante de área agrícola

O Noble Group, uma das maiores tradings de commodities da Ásia, confirmou ontem que está em conversas avançadas para vender sua participação restante na Noble Agri, braço agrícola do qual já vendeu uma fatia majoritária de 51% para a chinesa Cofco em 2014.

Listada na bolsa de Cingapura, a trading tem lutado para entregar resultados em meio à queda internacional dos preços das commodities. A companhia também é acusada de irregularidades em práticas contábeis.

Em novembro, a Noble relatou perda de 84% em seu lucro líquido devido ao mau desempenho nos segmentos agrícola e de metais. À época, o CEO Yusuf Alireza explicou que "o ambiente operacional tem sido difícil e ainda mais imprevisível que o usual".

"Confirmamos que estamos em negociações avançadas com potenciais compradores tanto deste negócio como de outras transações estratégicas, mas não temos nada definido", afirmou a companhia, em nota. A declaração foi divulgada após informações veiculadas pela mídia de que a Noble teria colocado à venda os 49% restantes que detém na Noble Agri.

Não foram revelados detalhes da negociação, mas fontes do mercado acreditam que a própria Cofco deve ficar com o restante das ações da divisão, que comercializa de açúcar a trigo.

Por De São Paulo

Fonte : Valor