.........

Neste 20 de julho, Dia do Amigo, a Sead conta a história de um grupo que tem uma associação voltada para agricultura familiar

.........

De um encontro de amigos, nasceu a Associação dos Produtores Unidos pela Agricultura Familiar (Asprunaf). Um grupo de produtores rurais de Montes Claros (MG), que decidiu unir amizade e agricultura. Formado por 20 pessoas, o projeto existe desde 2014 e já soma mais de 30 espécies de plantio, entre frutas, verduras e hortaliças. A Asprunaf é um exemplo de amigos que celebram com muito entusiasmo este 20 de julho, Dia do Amigo, uma data para ser comemorada junto a pessoas queridas.

O grupo se encontra todas as sextas-feiras na casa de um dos membros da associação. Além dos produtores, participam amigos e familiares. O objetivo da Asprunaf é fomentar uma agricultura livre de agrotóxicos, com produção de alimentos saudáveis, sempre com foco na qualidade de vida.

A presidente da Asprunaf, Patrícia Araújo Fujii, de 44 anos, também é agricultora familiar e afirma que, apesar de o projeto ser novo, todos acreditam que a produção crescerá ainda mais. “Não temos sede própria, mas, antes mesmo de colher a produção, temos a venda garantida. É a qualidade dos produtos sendo reconhecida”, pondera Patrícia.

A Associação participa do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e, alguns produtores, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ambos vinculados à Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead). Depois de toda colheita, as vendas são feitas para as centrais de abastecimento da cidade.

A associação

As hortas estão crescendo a cada dia e o clima da região, apesar de seco – pela escassez da chuva –, não foi capaz de desanimar o grupo. Os agricultores garantem a qualidade dos produtos e a diversificação da plantação. O crescimento da Associação tem sido um incentivo para toda a região de Minas Gerais. O agricultor familiar Marcelo Rodrigues Fonseca, de 39 anos, enxerga a horta como um futuro promissor. “A qualidade da produção deu muita visibilidade para a Asprunaf. Conseguimos contatos com outros produtores, organizamos reuniões e eventos, e isso serve como um grande incentivo para todos nós”, resume.

Marília Fidélis
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação

Arquivo pessoal

Fonte : MDA