.........

Índice de abates informais tem queda notável, diz Cepea

.........

Tema crítico para a política sanitária na produção de carne bovina no Brasil, o índice de abates não fiscalizados – sem inspeção veterinária, como preconiza a lei – registrou notável queda nos últimos anos, indica pesquisa feita pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), vinculado à Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq).

Financiado pelos maiores frigoríficos do país – JBS, Marfrig, Minerva e Rodopa -, pelas redes varejistas Pão de Açúcar, Carrefour e Walmart, além da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o estudo do Cepea aponta que o índice de abates não fiscalizados ficou abaixo de 10%. Trata-se de um índice bem inferior aos encontrados na literatura científica sobre o assunto.

Uma das coordenadoras da pesquisa, a professora da Esalq Silvia Miranda afirma que não é possível comparar o índice de abate não fiscalizado apurado pelo estudo do Cepea com pesquisa semelhantes, uma vez que cada estudo adota uma diferente metodologia. A despeito dessa ressalva, os diversos trabalhos feitos nos últimos 15 anos sempre apontaram índices de abate não fiscalizado superior a 30% – em alguns casos, próximo de 50%, de acordo com a professora.

Diante disso, o Cepea assegura, em comunicado divulgado ontem, trata-se mesmo de uma evolução. "Os resultados obtidos, bem menores que os encontrados na literatura referentes a décadas passadas, evidenciam as mudanças positivas que a pecuária nacional, como um todo, vem implementando", aponta o Cepea.

Na avaliação da professora Silvia, uma combinação de fatores levou à melhora no índice. Entre eles, estão tanto o fortalecimento do sistema de defesa sanitária nacional, uma incumbência do setor público, quanto a melhora na gestão dos frigoríficos e a internacionalização do setor, ampliando o volume exportado de carne bovina. Em geral, o mercado exportador é mais exigente.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3680190/indice-de-abates-informais-tem-queda-notavel-diz-cepea#ixzz3CG8CJRxt

Fonte: Valor | Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo