.........

Na primeira reunião do Comitê Estratégico, Mendes apresenta Plano de Ações para 2012/2014

.........

Ministro enfatizou a importância do grupo nas discussões e na condução de programas estratégicos

Elza Fiúza

Foto: Elza Fiúza / ABr

"É muito importante termos um instrumento como o Comitê para auxiliar no crescimento da agricultura brasileira", disse Mendes Ribeiro

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, coordenou a primeira reunião do Comitê Estratégico do Agronegócio, lançado nesta segunda, dia 23, em Brasília.
No encontro, foram apresentados a sistemática de funcionamento do Comitê e o Plano de Ações Estratégicas do Ministério 2012/2014. Também foram discutidas as linhas de atuação e ações prioritárias para os próximos dois anos. Os participantes do evento receberam cópia do Plano que será debatido na próxima reunião, a ser realizada em 45 dias.
– É muito importante termos um instrumento como o Comitê para auxiliar no crescimento da agricultura brasileira. Pessoas competentes que lidam com o setor diariamente farão parte das discussões. O grupo nos ajudará no aferimento dos resultados, na implementação do Plano Agrícola e Pecuário ou mesmo na condução de programas estratégicos para o ministério e para o governo – ressaltou Mendes Ribeiro Filho.
Além dos 15 integrantes já divulgados no Diário Oficial da União do dia 20 de julho, o Comitê também será composto por dois integrantes que ainda serão indicados pelo Senado Federal e terá limite máximo de até 20 representantes. O grupo se reunirá, em Brasília, pelo menos duas vezes ao ano, com o objetivo de definir prioridades na formulação das políticas agrícolas, contribuir na fixação de diretrizes, indicadores e metas de desempenho do agronegócio e suas respectivas cadeias produtivas.
O Comitê ainda avaliará e acompanhará as ações governamentais aplicadas ao desenvolvimento e sustentabilidade do agronegócio nacional. Poderão ocorrer encontros extraordinários por convocação do seu presidente ou por solicitação subscrita de dois terços dos integrantes.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

Fonte: Ruralbr