.........

México lançará contratos do cereal na bolsa

.........

O antigo plano do México de lançar contratos futuros de milho amarelo na bolsa local – a Mexican Derivatives Exchange (MexDer) – tem boas chances de se tornar realidade ainda neste mês, informou o ministro da Agricultura do país, Francisco Mayorga.

A medida destina-se a oferecer aos produtores e consumidores mexicanos maiores oportunidades de hedge. As negociações de milho no México são feitas tradicionalmente na bolsa de Chicago, em dólares americanos, o que frequentemente desencoraja pequenos produtores a participar.

"Queremos democratizar o uso desses instrumentos. Qualquer produtor, não importa quão modesto, vai entender o valor e custo de seu milho", afirmou Mayorga.

O plano de criar um contrato futuro de milho local foi anunciado no ano passado como parte de um objetivo maior de, um dia, criar uma bolsa de mercadorias no México. O país espera produzir 23 milhões de toneladas de milho neste ano, a maior parte do tipo branco. A estimativa anterior do governo era de 21,6 milhões, mas o número cresceu graças às boas condições climáticas e ampliação nas áreas de plantio.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2820008/mexico-lancara-contratos-do-cereal-na-bolsa#ixzz25hAHfwTM

Fonte: Valor | Por Dow Jones Newswires, da Cidade do México