.........

MS deve aumentar em meio milhão de toneladas produção da safrinha

.........

Projeção da Aprosoja/MS indica que estado pode produzir 9,5 mi de t.
Em área, safrinha deve crescer 4% e em produção 4,1%, prevê entidade.

Plantio de milho safrinha em área em Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução/TV Morena)

Plantio de milho safrinha em área em Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução/TV Morena)

Com a aceleração da colheita de soja, o plantio do milho segunda safra, o safrinha, ganha impulso em Mato Grosso do Sul e as primeiras projeções da Associação dos Produtores de Soja do estado (Aprosoja/MS) já indicam aumento de área e de produção do cereal.

Segundo a mais recente circular do Sistema de Informação Geografia do Agronegócio (Siga), da Aprosoja/MS, os produtores do estado devem ampliar em cerca de 4% a área de cultivo do milho safrinha nesta temporada em relação a anterior, passando de 1,700 milhão de hectares para 1,790 milhão de hectares.

saiba mais

Com esse aumento de área, a expectativa é que produção cresça em um patamar próximo, 4,1%, subindo das 9,040 milhões de toneladas do ciclo passado para 9,500 milhões, ou seja, meio milhão de toneladas a mais.

Confirmadas essas projeções, devem ser batidos nesta safrinha os recordes históricos de área cultivada e produção do cereal em Mato Grosso do Sul.

Desta nova safrinha, a Aprosoja/MS aponta que 32,3% da área prevista com o cereal já foi semeada. O trabalho está mais acelerado nas regiões sudeste e sudoeste, onde a média é de 36,4% do total previsto já plantado, enquanto que segue em ritmo menor, no centro e norte do estado, com média de 14,9%.

O município que está com a semeadura mais adiantada é Aral Moreira, a 373 quilômetros deCampo Grande, com 55% de áreas plantadas.

Anderson ViegasDo G1 MS

Fonte : Globo