.........

MP do Funrural

.........

Reações contrárias dos ruralistas continuam travando a publicação da MP que o governo prepara para resolver dívidas e pagamentos futuros do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural). A Casa Civil quer publicar o texto esta semana, mas o acordo ainda esbarra em proposta da equipe econômica, segundo a qual a Receita começaria a cobrar já em 2017 pelo menos 5% dos débitos que cada produtor contraiu com a contribuição previdenciária. A partir de 1º de janeiro de 2018, passaria a cobrar 2,3% toda vez que o produtor emitir nota fiscal de venda de sua produção, até a quitação dos débitos com o Fisco. "O governo tem pressa, mas não haverá acordo até fazermos uma nova reunião para discutir o tema internamente", afirmou Nilson Leitão (foto), deputado (PSDB-MT) que preside a Frente Parlamentar da Agropecuária.

valor.com.br

A íntegra da matéria sobre o impasse em torno da MP do Funrural está em http://alfonsin.com.br/?p=4977060

Divulgação

Fonte: Valor |