.........

Monsanto desiste de comprar Syngenta

.........

Ao desistir da oferta, empresa americana reiterou que o negócio teria criado "enorme valor"

A Monsanto retirou sua oferta de cerca de US$ 46 bilhões pela Syngenta, após a companhia suíça ter resistido por meses às investidas da concorrente. Ao desistir da oferta, a Monsanto reiterou que o negócio teria criado "enorme valor", mas que agora vai se concentrar em seus negócios.

A Monsanto propôs em abril a aquisição, que criaria uma empresa líder mundial tanto em sementes quanto em defensivos. Na semana passada, a Monsanto elevou sua oferta de 449 para 470 francos suíços por ação da Syngenta, o que corresponde a cerca de 43,7 bilhões de francos suíços (US$ 46,1 bilhões).

No entanto, a Syngenta continuou rejeitando o negócio, alegando que era "inadequado sob vários pontos de vista" e vulnerável a objeções de órgãos de defesa da concorrência.

Alguns acionistas da Syngenta se mostraram descontentes com a decisão da companhia de não iniciar negociações com a Monsanto. No final de julho, o executivo-chefe da Syngenta, Mike Mack, disse que o negócio seria muito arriscado, que a oferta da Monsanto era inadequada e que o desempenho recente da companhia suíça mostra que ela está muito bem sozinha.

Ações – Após a Monsanto retirar sua oferta, as ações da companhia norte-americana avançam de forma acentuada nesta quarta-feira, 26. Os papeis da Monsanto registravam baixas consistentes nos últimos meses, com a empresa pressionando a Syngenta a aceitar a proposta de aquisição.

Por outro lado, as ações da Syngenta trabalham em forte queda. Desde abril, quando foi feita a primeira proposta, o conselho da empresa suíça vinha rejeitando firmemente a oferta. Pesquisas, no entanto, mostraram que a maior parte dos investidores eram favoráveis à venda. Às 13h44, na NYSE, a Monsanto subia 8,12%, enquanto a Syngenta recuava 11,32%.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: BDO