.........

Moagem quinzenal de cana tem aumento pela primeira vez nesta safra

.........

Nos primeiros 15 dias de julho, o volume processado foi de 42,18 mi de toneladas, 3,94% a mais que o mesmo período de 2011

por Globo Rural On-line

Ormuzd Alves

Segundo levantamento divulgado pela Unica, apesar do crescimento registrado, a quantidade de produtos obtidos (etanol e açúcar) a partir da matéria-prima permaneceu estável

Pela primeira vez na safra 2012/2013, a moagem quinzenal de cana-de-açúcar nas unidades produtoras da regiãoCentro-Sul superou a verificada no mesmo período da safra anterior. Nos 15 primeiros dias de julho, o volume de cana-de-açúcar processado somou 42,18 milhões de toneladas, um crescimento de 3,94% em comparação ao resultado da quinzena de 2011. Já no acumulado desde o início da safra 2012/2013 até 15 de julho, a moagem alcançou 170,56 milhões de toneladas, contra 218,28 milhões de toneladas no mesmo período da safra passada.
Segundo levantamento divulgado pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), apesar do crescimento registrado, a quantidade de produtos obtidos (etanol e açúcar) a partir da matéria-prima permaneceu estável.
A produtividade nas lavouras registrou um aumento de 12,05% no período analisado sobre a mesma quinzena de 2011, totalizando 80,24 toneladas por hectare. No acumulado do ano, a produtividade atingiu 76,69%, semelhante à produtividade registrada no mesmo período da safra passada, o que reverteu as perdas agrícolas obtidas nos meses precedentes.

Produção

Do volume total de cana-de-açúcar processado desde o início da safra até a primeira metade de julho, 47,26% destinou-se à produção de açúcar, ligeiramente acima dos 45,86% observados no mesmo período de 2011. Na primeira quinzena de julho, este percentual subiu para 50,24%. A produção de açúcar desde o início da safra 2012/2013 alcançou 9,33 milhões de toneladas, enquanto o volume de etanol produzido somou 6,42 bilhões de litros.
A fabricação de açúcar totalizou 2,64 milhões de toneladas nos primeiros 15 dias de julho, frente a 2,59 milhões de toneladas em igual quinzena do ano passado. Em relação ao etanol, a produção somou 1,61 bilhão de litros, sendo 675,20 milhões de litros de etanol anidro e 929,85 milhões de litros de hidratado.

Fonte: Globo Rural