Moagem da cana-de-açúcar é favorecida pelo tempo seco

A moagem da cana-de-açúcar em todo o Centro-Sul do país foi beneficiada pelo tempo seco. A atividade cultural, que estava atrasada, aumentou 37% na segunda quinzena de julho em todas as áreas. Já o processamento da cana está semelhante ao mesmo período do ano passado.

A produção de açúcar está menor, por causa da demanda de mercado interno do etanol. Com isso, o preço do açúcar caiu 28% em relação a 2014 e do álcool disparou. “Como a gasolina está mais cara, as pessoas têm optado em abastecer os carros com etanol, por isso a demanda de produção é maior para este tipo de combustível”, comenta o meteorologista Celso Oliveira.

A previsão da Somar Meteorologia é de que a frente fria que tem provocado chuvas na região de fronteira entre Rio Grande do Sul e Uruguai consiga avançar para os demais Estados da região Sul e também para parte de São Paulo. As precipitações serão de baixa intensidade e ficarão concentradas no extremo leste do Estado e com isso, não devem atingir as áreas produtoras de cana-de-açúcar.

De acordo a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a produção brasileira de cana-de-açúcar deve crescer 3,2% na safra 2015/2016, com colheita estimada em 655,2 milhões de toneladas.

Jornal do Tempo

Fonte: Famasul